O prazo para inscrições na Universidade do Professor foi prorrogado até o dia 20 de maio. A nova iniciativa do Ministério da Educação (MEC) é voltada para a formação de professores efetivos da rede pública que não atuam em sua área de formação. São 105 mil vagas para o segundo semestre de 2016 nas instituições federais de educação, sendo 81 mil na modalidade educação a distância, por meio do sistema Universidade Aberta do Brasil, e 24 mil vagas presenciais remanescentes. Os professores interessados em complementar sua formação poderão se inscrever nos cursos por meio da Plataforma Freire: freire.capes.gov.br. No momento da inscrição, o professor poderá escolher entre a modalidade a distância ou presencial. Depois de inscritos, as secretarias estaduais e municipais de Educação terão um período para validar as inscrições dos docentes. Os cursos a distância terão início já no segundo semestre deste ano, com prioridade para a formação de primeira licenciatura.

 

A proposta da Rede Universidade do Professor é reduzir o número de professores que lecionam disciplinas para as quais não têm a formação adequada. Baseado em informações do Censo Escolar 2015, o Ministério da Educação verificou que entre os 709.546 professores efetivos que lecionam nos anos finais do ensino fundamental e no ensino médio, 334.717 têm a formação para a disciplina que ensinam em sala de aula, enquanto 374.829 precisam complementar a formação superior. Esses casos representam docentes que não têm a licenciatura nas disciplinas que aplicam ou não têm o grau de bacharel na área.

Os professores só poderão se inscrever para o curso correspondente à disciplina que lecionam na rede pública. As vagas são reservadas para docentes que atuam nas seguintes disciplinas: matemática, química, física, biologia, português, ciências, história e geografia. A inscrição pode ser feita por professores sem nível superior, em busca da primeira licenciatura; professores licenciados, mas que atuam fora da área de formação, em busca da segunda licenciatura; professores graduados não licenciados, em busca da formação pedagógica.

+ Educação
Assine a newsletter mensal e gratuita +Educação e receba ainda mais conteúdo no seu e-mail!